terça-feira, setembro 14, 2010

A polêmica do 'vodka eyeball'

Tico está certo: quando ele faz coisas para o bem ninguém o usa de exemplo, mas quando precisam de um culpado logo tratam de achar um. O vídeo do 'vodka eyeball' estava no ar há alguns meses, e foi retirado do ar nessa madrugada. O vídeo já estava restrito a maiores de 18 anos e com conta no canal You Tube, mas todas as notícias publicadas sobre o assunto desde a semana anterior citam Tico Santa Cruz.

O motivo? Segue abaixo:

Tico no teste da vodca no olho; imagem captada no YT
Jovem que pingou vodca no olho pode ter que fazer transplante em Campinas (SP) leia a notícia divulgada pela Folha.com clicando aqui. Antes da Folha vários outros sites deram a notícia mas com a divulgação da Folha o assunto duplicou em importância.

Claro que nessa hora realmente ninguém lembra dos bons exemplos do Tico. Tico já havia conversado com a Folha sobre esse mesmo assunto em 14/06/2010: Jovens usam vodca como colírio para ficarem bêbados, mas prática pode cegar (leia a integra aqui) nessa matéria o Tico declarou que:
"Não sei se deu algum barato a mais porque já estava bem louco na hora. É claro. que é perigo. Fiz porque queria saber qual era a viagem, mas foi só essa vez. Depois, um amigo oftalmologista explicou que isso pode dar problemas. Não é uma coisa legal de se fazer. Se quiser copiar algum vídeo meu, tenho coisas mais legais na internet."
Tico lançou essa madrugada um post no seu blog, chamado "Agora a culpa é minha?" pedindo bom senso e paciência.

Segue o texto completo abaixo:


Escrito em:14/9/2010
A culpa agora é MINHA? 

Pronto.

Agora virei o bode expiatório de uma prática que sequer inventei.

Esta história de Vodka não é problema meu. Apenas o fiz para experimentar, como já experimentei milhares de outras coisas erradas e perigosas. Os olhos são meus, o corpo me pertence, sou responsável por tudo de bom e de ruim que acontece comigo, com minha saúde física e mental.

A prática surgiu nos Estados Unidos. Assisti um vídeo e achei engraçado. Certo dia no camarim do Detonautas resolvi descobrir do que se tratava e a única sensação que tive foi de uma ardência absurda. Nenhuma onda positiva. Nós filmamos e colocamos no Youtube, como já colocamos milhares de outros vídeos, desses que não servem para serem copiados ou exaltados por parte da mídia sensacionalista. Vídeos de protestos, de ativismo político, de palestras em comunidades carentes, escolas, presídios, com Ações importantes e necessárias, mas que ninguém imita, ninguém dá valor, ninguém se importa.

Agora aparece um UNIVERSITÁRIO de Campinas que pode ter problemas por ter pingado Vodka nos olhos e a culpa é minha? Eu o estimulei a fazer isso?

Quer dizer então que ele viu o Tico Santa Cruz do Detonautas fazendo e então quis imitar e se deu mal?

Tenham bom senso e paciência.

Cada indivíduo é responsável por suas atitudes. Não recomendei ninguém a fazer o que fiz ou que faço. Imputar qualquer responsabilidade de atitudes imbecis a mim, apenas por ser uma pessoa pública é apenas o desejo de retirar mais uma vez o foco da Raiz do problema. Essa mania de achar sempre que a culpa é do outro.

Quando a Folha de São Paulo me ligou me pedindo explicações a respeito do vídeo meses atrás, fui taxativo. Disse que não havia sentido nada e que meus olhos ficaram ardendo durante TRÊS dias. Que tinha experimentado por curiosidade e isso cabe apenas a mim. Se eu tivesse tido problemas, ficado cego ou resultado em qualquer consequência mais grave, teria de resolver por minha conta a situação, sem responsabilizar ninguém.

Descobri a prática através da imprensa, numa matéria de um site qualquer. Depois disso procurei vídeos e acabei decidindo ver o que acontecia. Então devo culpar o jornalista que divulgou esta informação sobre “Jovens que pingavam Vodka no olho”?  BOBAGEM.

Aposto que 99% destes idiotas que repetem a mesma atitude nem sabem quem eu sou. Não escutam minha musica e nem IMITAM minhas Ações. Fizeram porque devem ter lido ou visto em algum lugar espalhado pela internet. E como Jovens que são e curiosos, resolveram experimentar também. Se os médicos dizem que faz mal e a recomendação geral é para que não se utilize da mesma prática e o indivíduo opta por ir adiante assim mesmo, é PROBLEMA DELE.

Não ousem me colocar como ÍCONE dessa babaquice, apenas porque sou uma pessoa pública. Como disse tem MILHARES DE OUTROS VÍDEOS, FOTOS e a intervenções sociais, cidadãs e políticas minhas espalhadas pelo Youtube, pelo Google e NUNCA NENHUM JORNAL COLOCOU ALGUM JOVEM que fazia atividades cidadãs como exemplo de alguém que estava me copiando.

QUANDO É PARA O MAL então precisam de um culpado. Quando é para o bem, ninguém abre o bico para falar nada.

Cada um que cuide de seus olhos e do que consegue ver nessa manipulação PATÉTICA.

Minha parte esta aqui.

Não sou pai de filhos maiores de idade e nem exemplo de ABSOLUTAMENTE NADA, sendo assim, na minha conta esse peso não vai bater.

Abs

Tico Sta Cruz