quarta-feira, julho 29, 2015

Um papo sobre rock e política com Tico Santa Cruz

Artistas influenciam seus fãs, isso é fato! Mas poucos que tem essa popularidade e influencia a utiliza para a construção de uma visão crítica das coisas. Nos protestos do ano passado músicos, apresentadores – gente da mídia – foram tachados de “coxinhas” por não se envolverem com tudo aquilo que estava sendo refletido nas ruas. Mas no mundo das celebridades – revista Caras e Fuxico - há exceções.

No dicionário informal “coxinha” é gente engomada, que segue a maioria. Gente convencional e conservadora. O termo ganhou força nas manifestações de junho de 2013. Mas nada tem a ver com um artista contestador que utiliza da sua música – e redes sociais – para fazer ecoar sua opinião – muitas vezes polêmica.

Sim, estamos falando de um cara coberto de tatuagens de nome Luis Guilherme Brunetta Fontenelle de Araújo. Não sabe de quem se trata? Eu simplifico as coisas: Tico Santa Cruz.

O vocalista da banda Detonautas não tem papas na língua e sua opinião ecoa pela popularidade do rapaz e pela forma corajosa que é dada. Mas engana-se que o ativismo do música vem de agora, Tico sempre teve envolvido no discurso político, cursou ciências sociais na juventude e hoje usa o rock para detonar o que acredita estar errado!

Leia a entrevista completa, aqui.