quarta-feira, dezembro 22, 2010

Opinião: Tico Santa Cruz e Ser brasileiro

É simplesmente uma vergonha o que está acontecendo no país, com o recente aumento do salário dos parlamentares federais. Enquanto isso é uma luta danada pra aumentar mirrados 510 reais de salário mínimo. E pouco é falado de que NÃO É FEITO o reajuste no salário de profissionais públicos como eu, cujo base está estagnado desde o último Plano de Cargos e Salários da cidade de Cascavel, isso numa época em que o mínimo ainda era pouco mais que 300 reais. Ou seja, está hiper defasado. Daí vem um desses deputadinhos que nem sabe onde fica o Uruguai (e ainda reclamam do Tiririca) e me fala que é impossível viver com menos 12, 15 mil reais. É UM ABSURDO!

O menos pior dos presidentes da ditadura (na minha opinião logicamente), General João Baptista Figueiredo, ao ser indagado por uma criança o que faria se tivesse que viver de salário mínimo foi enfático na sua resposta "daria um tiro na cabeça". Talvez seja essa a solução para essa bandidada do legislativo, que legisla apenas em benefício próprio: deixar eles vivendo por um tempo só com salário mínimo. Numa dessa fazem um suicídio coletivo e nos livram de sua parasitice (eu sei, piadinha infame).

Mas talvez pior que o legislativo, seja o próprio brasileiro. Ontem, o cantor Tico Santa Cruz fez um protesto na Avenida Paulista contra essa sujeira, com aproximadamente 30 pessoas. Ao invés de ser visto como um exemplo teve que ouvir coisas bacanas como "vagabundo", "vadio", "perturbador da ordem", "perturbador do transito". Isso que ele estava fazendo o que TODOS NÓS deveríamos ter feito quando soubemos desse ultraje, sair às ruas, protestar mesmo, parar o país. Mas não. Preferem XINGAR MUITO NO TWITTER do que tomar uma postura adulta que puxe a responsabilidade pra si no país. Quantos de nós realmente não desejamos profundamente fazer uma passeata como ele fez, mas por medo de sofrer os perjúrios que ele sofreu, não abandonamos esse pensamento? Quantos de nós por medo de ter poucos seguidores como ele teve não desistiu dessas idéias? Esquecemos que o que importa é o ato em sim e não a quantidade de pessoas. Devemos parar de ser acomodados, de ser brasileiros apenas em copa do mundo, olimpíada, é ridiculo, porque são eventos que ocorrem apenas há cada 4 anos.

É tão mais simples sentar a bunda na cadeira da bodega, virar o caneco e de-lhe arrotar impropérios contra o governo, suas leis, os políticos que estão lá e esquecer que também temos culpa nesse processo, seja por votar nas pessoas erradas, seja por permitir que elas fiquem lá por tão longo tempo.
Um deputado, se eu não me engano (se alguém puder me dar mais informações), além de ganhar o mísero salário, também recebe míseros auxílios como moradia (isso que existem apartamentos construídos para essa finalidade lá em Brasília, com todas as mordomias necessárias), transporte, a verba para acessores, e o ridículo "auxílio terno".

Agora me digam se tudo isso não é um roubo ao nosso dinheiro, suado, roubado em qualquer coisa consumida no país? Estamos esperando o que, um novo confisco da poupança pra garantir a mordomia desse bando de malaco???? ACORDEM BRASILEIROS E SEJAM BRASILEIROS