terça-feira, outubro 25, 2011

Do bate-papo para o Rock in Rio


Com uma trajetória de sucesso, a banda Detonautas desembarca em Passo Fundo para o Interação UPF com muita história pra contar.


Uma história que começou em uma sala de bate-papo na era da precária internet discada. O Detonautas Roque Clube, atração do Interação UPF deste ano, surgiu assim. Tico Santa Cruz e Tchello foram os responsáveis pelo pontapé inicial da banda, formada posteriormente pelos guitarristas Renato Rocha e Rodrigo Netto, pelo baterista Fábio Brasil e pelo DJ Cléston.

Eles entraram em campo em 2002, com o disco Detonautas Roque Clube, lançado pela Warner Music. O álbum emplacou com os hits “Outro Lugar”, “Olhos Certos” e “Quando o Sol Se For”, tornando a banda uma das principais do país. No mesmo ano, a banda teve a oportunidade de abrir os shows dos Red Hot Chili Peppers, no Rio e em São Paulo, além de conquistar o prêmio VMB de banda revelação. Roque Marciano, segundo álbum da banda, foi lançado em 2004 e rendeu ao sexteto seu primeiro disco de ouro. Entre as faixas do trabalho, quatro novos hits: “O Dia Que Não Terminou”, “O Amanhã”, “Só Por Hoje” e “Tênis Roque”.

Em 2006, ocorreram a gravação do primeiro DVD da banda e a apresentação do álbum Psicodeliamorsexo&distorção: um som mais denso, pesado, sombrio e psicodélico, trazendo as faixas “Você Me Faz Tão Bem”, “Não Reclame Mais” e “Insone”. Contudo, a música mais marcante do álbum é “Tudo Que Eu Falei Dormindo”, composta por Rodrigo Netto, que, com apenas 29 anos, deixou a banda em mais um triste capítulo da recente história carioca.

Em uma nova guinada, a banda lança, em 2008, pela Sony Music, O Retorno de Saturno – álbum mais suave que coloca nas paradas a faixa-título e o tributo a Rodrigo, “Verdades do Mundo”. A nova produção, com destaques como “Oração do Horizonte” e “Eu Vou Vomitar em Você”, ganhou indicação ao Grammy Latino na categoria melhor álbum de rock brasileiro. Já no ano seguinte, uma nova reinvenção surge a partir do Detonautas Acústico Ao Vivo – CD e DVD gravados em 2009, no Rio de Janeiro. As faixas inéditas “Só Nós Dois” e “O Inferno São os Outros” se tornaram sucesso em rádios de todo o país.

Neste ano, em maio, a banda entrou no RockWalk Brasil: a calçada da fama do rock brasileiro. Além disso, em 2 de outubro, o Detonautas se apresentou no Rock in Rio e, atualmente, está em processo de gravação de seu quinto álbum de estúdio. Enquanto o trabalho, independente, vai ganhando forma, algumas faixas já podem ser conferidas nos shows do grupo e outras, recentemente produzidas, podem ser baixadas no site oficial da banda.

O show do Detonautas no Interação acontece às 18 horas, no centro de eventos. Acadêmicos da UPF, com carteirinha de estudante, têm entrada liberada. Bom show!