sexta-feira, outubro 22, 2010

A Fazenda 3: S. Abreu, Tico e Carrasco discursam no campo de eliminação

Na noite desta quinta-feira (21), os roceiros Tico, Sérgio Abreu e Carrasco iniciaram o programa de eliminação fazendo seus discursos.

Tico disse que não queria sair porque tinha assuntos para resolver dentro da casa. “Não mereço mais do que eles, mas toda batalha precisa ser vencida com calma. Sérgio, complementou o que o músico disse: “Há questões a serem esclarecidas e também porque estou feliz por ter essa experiência com os animais”, disse.

Carrasco fez das palavras deles as suas e disse que se sente em casa, “Sou uma pessoa calma e falo na hora que tem que falar”.

Os roceiros também esclarecerem algumas dúvidas do público. Tico, ao ser questionado se havia conseguido manter a coerência, respondeu que em um determinado momento quase perdeu a noção, por conta da ansiedade. “Mas com a ajuda do Carrasco retomei o curso e resolvi a questão”, disse.

O público quis saber qual a posição de Sérgio no jogo. “Eu e o Tico agimos pelo impulso, enquanto a Luiza e o Carrasco são mais calmos, seguram a onda. Há um equilíbrio no grupo”, afirmou.

Os espectadores queriam saber se Carrasco estava apoiando a equipe Ovelha por estratégia ou por que concordava com o grupo. Ele garantiu que veste a camisa. “Concordo com os pensamentos deles.”

Quem deve sair?

Para Tico, Carrasco deve sair. “Eu disse a ele que não ficaria triste se ele me escolhesse”. Sérgio concordou com o músico. “Eu e o Tico temos afinidades, principalmente com a música”. Já Carrasco bateu no ombro de Tico e disse que deseja sua saída. “Não há motivos. Foi um  acordo nosso”.

Fonte: Babado - Cobertura especial por iG