segunda-feira, outubro 18, 2010

A Fazenda 3: Zootecnista diz que "Luiza, Tico e Carrasco são os mais dedicados"

Vários profissionais trabalham por trás de A Fazenda 3 para que os peões possam concorrer, de forma segura e divertida, ao prêmio de R$ 2 milhões.

Um deles é a zootecnista Fernanda Manelli, que auxilia os participantes durante as funções da roça. Segundo ela, os confinados estão cuidando de forma correta dos bichos: "eles apenas cometem alguns erros esperados para quem não tem convivência diária com os animais, como por exemplo, fazer nó para peiar a vaca para o processo da ordenha, mas nada que seja grave".

Os mais dedicados no trato dos animais são Luiza, Tico e Carrasco: "mas não tem nenhum melhor que o outro. Para eles é tudo novidade". Quando questionada sobre qual bicho é o mais fácil e o mais difícil de ser tratado, Fernanda respondeu: "cada atividade tem seu grau de dificuldade, depende da personalidade e a apreensão de cada peão".

Alimentação

Sobre a alimentação dos participantes, o diretor do reality show Rodrigo Carelli disse que o cardápio é balanceado e elaborado segundo os hábitos individuais, respeitando a orientação da nutricionista e quanto aos doces não há um limite pré-estabelecido: "como regra, apenas evitamos dar doces prontos. Na despensa eles têm todos os produtos necessários para fazer bolos e tortas".

A despensa é pensada de forma que funcione como uma despensa de uma família comum: "com isso, temos aquelas regras básicas: evitar o desperdício, administrar as quantidades, etc".

Festas

A comida das festas é pensada de acordo com o tema proposto, segundo o diretor do programa. E por falar em festas, como elas são escolhidas? "Através de um brainstorm da equipe de direção, criação e produção. Não há um método pré-definido. Procuramos pensar em temas que sejam visualmente impactantes e que possam ser aplicados também ao figurino e trilha sonora".

Em média, demoram duas horas para montar as festas realizadas próximas a sede. O figurino é baseado no tema principal da atração e adaptado de acordo com a personalidade de cada um, que é obrigado a usar a roupa pelo menos nas primeiras horas da festa.

Saúde

Para participar de tantas atividades, a saúde dos peões é monitorada, de acordo com Carelli: "fizemos uma avaliação médica antes de o programa começar e, depois disso, mantemos uma equipe 24h durante a estadia deles na Fazenda".

Caso os confinados tenham algum problema de saúde, podem conversar com a equipe: "quando há uma emergência médica, existe uma câmera que chamamos 'Câmera de Emergência' onde os peões podem relatar os sintomas. Com base nesse relato avaliamos o procedimento".